Universo Moda

Tudo sobre moda, design, beleza, decoração e o mais que faz bem a alma e o coração

15 dos Melhores Figurinos do Oscar

Imagina se Frodo Bolseiro usasse jeans e camiseta ou se Darth Vader usasse um terno impecável… Os filmes não seriam a mesma coisa! Até os melhores e mais talentosos atores precisam de uma ajudinha do figurino para convencer os espectadores dos seus papeis. Dia 28 de fevereiro acontecerá o 88 Academy Awards e a Stylight selecionou 15 dos melhores figurinos da história do Oscars – robes históricos, fantasias, vestidos de época e até figurinos que não ganharam o Oscar, mas que em nossa opinião mereciam uma estatueta!

Infografico Stylight-Os melhores figurinos da historia do Oscar

A grande pergunta do Academy Awards deste ano é: será que Leonardo DiCaprio finalmente ganhará um Oscar com a sua sexta indicação? No seu novo filme “O Regresso” Leo faz o papel de um caçador ferido que precisa sobreviver sozinho na floresta. Uma pele real de um urso-pardo e as suas roupas sujas e batidas ajudaram na autenticidade do filme e do papel para o ator Hollywoodiano. Se Leo finalmente ganhar o Oscar por Melhor Ator, a figurinista Jacqueline West com certeza o ajudou na sua conquista.

O que muitas pessoas não sabem é que durante os primeiros anos da premiação, nem existia a categoria de melhor figurino. Somente em 1949, já na sua 21ª premiação. A Rainha do Oscar de melhor figurino é, sem dúvida, Edith Head, que foi nomeada 35 vezes e ganhou o Oscar 8 vezes. Até uma fusão em 1967, o prêmio era dividido em filmes preto-e-branco e em cores. Desde então, os trajes históricos pomposos e fantasias são os que ganham o Oscar na maioria das vezes.

Stylight-slides-Melhores-Figurinos-My-Fair-Lady
Momentos Clássicos – Trajes de Época
Os trajes históricos ajudam a trazer ambos os personagens e o público para uma situação mais realista e é talvez um dos mais importantes efeitos visuais que os atores possuem. Incontáveis ​​horas de pesquisa e trabalho detalhado são necessários para criar os figurinos espetaculares e que nós nos apaixonamos, e os resultados são, na grande maioria das vezes, incrível!

Você sabia?

O vestido vermelho da Rose em Titanic foi decorado com pérolas de vidro e levou mais de 1000 horas para ser criado.
O vestido usado por Hepburn em My Fair Lady foi leiloado por U$3,7 milhões em 2011.
E O Vento Levou influenciou a moda das noivas por décadas, inclusive Dior levou em consideração a popularidade do filme quando ele criou o seu icônico “New Look”

Embora isto possa parecer como pequenos (mas caros) detalhes, são eles que trazem autenticidade aos filmes, já que eles fazem um retrato realista da época.

Criando um novo mundo – Fantasias
Já que o mundo de fantasias não existe até que os trajes e o set sejam criados, o designer geralmente tem bastante liberdade nas suas criações. Não é necessário seguir regras vestir um Hobbit, ou para pensar em um formato clássico para o chapéu do Darth Vader.

Stylight-slides-Melhores-Figurinos-Star-Wars
Você sabia?

O famoso capacete de Darth Vader foi inspirado no capacete usados pelos nazistas na 2ª Guerra Mundial, Mollo então adicionou uma máscara de gás, uma jaqueta de motoqueiro, botas de couro pretas e uma capa de monge que ele achou em um depósito.
Marc Jacobs se inspirou no figurino de Mary Poppins para a sua coleção de primavera Ready-to-wear em 2009.
A diversidade do merchandising do Senhor dos Anéis é um dos maiores da história do Oscar, não somente as fantasias, mas também é possível comprar meias de pé de Hobbit e o Anel de Sauron por um preço bem camarada.

A criatividade dos designers em imaginar esse novo mundo a partir de peças reais é o que torna esses figurinos tão especiais e memoráveis.

Glitter e Diamantes – O Vestido dos Sonhos
Enquanto muitos figurinos precisam de sangue, rasgados e sujeiras para serem autênticos, outros podem ser lindos, luxuosos e elegantes, como o vestido que Natalie Portman usou em O Cisne Negro, que realizou o sonho de infância da atriz. O Tutu negro foi decorado com cristais Swarovski e penas pretas. Embora a figurinista Amy Westcott não ganhou o prêmio, ela merecia pois o vestido é um dos mais bonitos da história do Oscar.

Stylight-slides-Melhores-Figurinos-Cisne-Negro

Você sabia?

Os figurinos de “O Grande Gatsby” foi uma colaboração com o lendário Miuccia Prada? O designer italiano fez mais de 40 vestidos para personagens coadjuvantes, além do lindo vestido cor de pêssego que Daisy está vestindo em uma das cenas de festas.
O colar de Nicole Kidman (usado em várias cenas do filme) foi a joia mais cara feita para um filme. Feito por Stefano Canturi, a peça possui 1,308 diamants e uma safira de 2.5 quilates e é estimado em mais de U$1 milhão de dólares.

Esses trajes deslumbrantes, frequentemente são expostos em exibições ao redor do mundo, para que fãs consigam ver de perto as roupas que tanto os encantou nas telas.

Quem ganhará? – Indicados ao Oscar 2016
A escolha de melhor figurino do Oscar este ano será difícil! Entre “A Garota Dinamarquesa” (Paco Delgado), “Cinderella” e “Carol” (os dois por Sandy Powell), nós temos três filmes com lindos vestidos de fábulas e trajes históricos. Nos últimos 10 anos, somente os lindos vestidos históricos ou os de conto de fadas ganharam o prêmio, então não é de se surpreender que eles tenham maiores chances este ano, a figurinista Sandy Powell em especial, que recebeu 2 indicações.

Você sabia?

Você sabia que o diretor de “O Regresso”, Alejandro González Iñárritu, estava tão interessado na autenticidade do filme que ele tinha uma pessoa “aplicadora de cera” no set de filmagens. O seu trabalho era lubrificar roupas e pele com graxa artificial de urso e cera.
Paco Delgado se inspirou em Jeanne Lanvin e Coco Chanel. Quem sabe os vestidos de silhueta larga, típico dos anos 20, voltam a moda?

Uma coisa é certa, os figurinistas este ano capricharam, independente do estilo e época, eles tornaram a experiência cinematográfica mais realista e foram indispensáveis para o sucesso dos filmes.

Stylight-slides-Melhores-Figurinos-O-Regresso

Crédito: http://www.stylight.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 17/02/2016 por em Cultura, Design, Moda e marcado , , .

Informativo


Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 3.230 outros seguidores

Atualizações Twitter

Estatísticas do Site

  • 137,668 hits

Universo Moda

universomoda

universomoda

Graduada em Administração de Empresas, com especialização em Comunicação de Moda e Comércio Exterior pelo Instituto Metodista de Ensino Superior/SP, atuando no mercado de moda e beleza há 20 anos como consultora (marketing de moda e pessoal, etiqueta no trabalho, visual), jornalista, produtora, palestrante e professora (UNP, SENAI, SENAC).

Links Pessoais

Visualizar Perfil Completo →

Sou uma leitora voraz e é com trechos da obra de Drummond  Clarice Lispector e Lya Luft, três dos meus autores preferidos que compartilho um pouquinho das fotos agora oficiais que produzimos sábado pelos 15 anos da minha afilhada Laura Rocha Moura.
Cada um de vocês que sonhou e realizou comigo esse momento, incluindo ai a aniversariante e o papai Marcelo Moura, estão representados nesses poemas.
Muito, muito obrigado pelo amor de cada um.
Laura, sua madrinha ama você com toda a força do coração dela.... "Há gente que, em vez de destruir, constrói; em lugar de invejar, presenteia; em vez de envenenar, embeleza; em lugar de dilacerar, reúne e agrega."
____________________Lya Luft

VERBO SER
Carlos Drummond de Andrade 
Que vai ser quando crescer? 
Vivem perguntando em redor. Que é ser? 
É ter um corpo, um jeito, um nome? 
Tenho os três. E sou? 
Tenho de mudar quando crescer? Usar outro nome, corpo e jeito? 
Ou a gente só principia a ser quando cresce? 
É terrível, ser? Dói? É bom? É triste? 
Ser; pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas? 
Repito: Ser, Ser, Ser. Er. R. 
Que vou ser quando crescer? 
Sou obrigado a? Posso escolher? 
Não dá para entender. Não vou ser. 
Vou crescer assim mesmo. 
Sem ser Esquecer. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar." "Eu sou feita de tão pouca coisa e meu equilíbrio é tão frágil, que eu preciso de um excesso de segurança para me sentir mais ou menos segura." (...)Mas não sou completa, não. 
Completa lembra realizada. 
Realizada é acabada. 
Acabada é o que não se renova a cada instante da vida e do mundo. 
Eu vivo me completando... mas falta um bocado.
Clarice Lispector ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fotos: Fabiano Guedes @fabiano_guedes 
Cabelo : Maria do Socorro (Help) – Salão Anninha – filial - @mary112345

Locação – Salão Anninha – Filial /@anninhacabeleireirosnatal

Siga-me no Twitter

Sou uma leitora voraz e é com trechos da obra de Drummond  Clarice Lispector e Lya Luft, três dos meus autores preferidos que compartilho um pouquinho das fotos agora oficiais que produzimos sábado pelos 15 anos da minha afilhada Laura Rocha Moura.
Cada um de vocês que sonhou e realizou comigo esse momento, incluindo ai a aniversariante e o papai Marcelo Moura, estão representados nesses poemas.
Muito, muito obrigado pelo amor de cada um.
Laura, sua madrinha ama você com toda a força do coração dela.... "Há gente que, em vez de destruir, constrói; em lugar de invejar, presenteia; em vez de envenenar, embeleza; em lugar de dilacerar, reúne e agrega."
____________________Lya Luft

VERBO SER
Carlos Drummond de Andrade 
Que vai ser quando crescer? 
Vivem perguntando em redor. Que é ser? 
É ter um corpo, um jeito, um nome? 
Tenho os três. E sou? 
Tenho de mudar quando crescer? Usar outro nome, corpo e jeito? 
Ou a gente só principia a ser quando cresce? 
É terrível, ser? Dói? É bom? É triste? 
Ser; pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas? 
Repito: Ser, Ser, Ser. Er. R. 
Que vou ser quando crescer? 
Sou obrigado a? Posso escolher? 
Não dá para entender. Não vou ser. 
Vou crescer assim mesmo. 
Sem ser Esquecer. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar." "Eu sou feita de tão pouca coisa e meu equilíbrio é tão frágil, que eu preciso de um excesso de segurança para me sentir mais ou menos segura." (...)Mas não sou completa, não. 
Completa lembra realizada. 
Realizada é acabada. 
Acabada é o que não se renova a cada instante da vida e do mundo. 
Eu vivo me completando... mas falta um bocado.
Clarice Lispector ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fotos: Fabiano Guedes @fabiano_guedes 
Cabelo : Maria do Socorro (Help) – Salão Anninha – filial - @mary112345

Locação – Salão Anninha – Filial /@anninhacabeleireirosnatal
Follow Universo Moda on WordPress.com

Hours & Info

1-202-555-1212
Lunch: 11am - 2pm
Dinner: M-Th 5pm - 11pm, Fri-Sat:5pm - 1am
%d blogueiros gostam disto: